sexta-feira, 13 de julho de 2012

A Tentação

(Frases de São João Maria Vianney – o Cura d’Ars)


"A tentação nos é útil e necessária".

"Deus não nos pede o martírio; pede-nos que resistamos a umas poucas tentações".

"Conhecemos o preço da nossa alma pelos esforços que o demônio faz para perdê-la. O inferno arma-se contra ela, o céu por ela... Como ela é grande! Quando o demônio prevê que uma alma caminha para a união com Deus, a sua raiva redobra ... Feliz união!"

"Enquanto houver um cristão à face da terra, "ele" [o demônio] o tentará".

"A maior tentação é não ter nenhuma".

"Havia uma vez uma mulher (parece-me que era Santa Teresa) que se queixava a Nosso Senhor após uma tentação e lhe dizia: "Onde estáveis Vós, meu Jesus infinitamente amável, onde estáveis durante esta horrível tempestade? " Nosso Senhor respondeu-lhe: "Estava no meio do teu coração, feliz de te ver lutar" ".

"Todos os soldados são bons da caserna. É no campo de batalha que se vê a diferença entre os corajosos e os covardes".

"Os combates levam-nos para junto da cruz, e a cruz é a porta do céu".

"Quando fordes tentados, oferecei a Deus o mérito dessa tentação para obterdes a virtude oposta".

"Muitos se entregam à moleza e à ociosidade. Não é de admirar que o demônio lhes ponha o pé em cima".

"Três coisas nos são absolutamente necessárias para combater a tentação: a oração para obtermos luz, os sacramentos para ganharmos forças, a vigilância para nos preservarmos".

"Se estivéssemos impregnados da presença de Deus, ser-nos-ia fácil resistir ao inimigo".

"Quando o demônio quer perder uma pessoa, começa por incutir-lhe um grande desgosto pela oração".

"O demônio é esperto, mas não é forte: basta fazer o sinal da cruz para pô-lo em fuga".

"O demônio só tenta aqueles que querem sair do pecado e aqueles que estão em estado de graça. Os outros já lhe pertencem, não precisam de ser tentados"

Nenhum comentário:

Postar um comentário