quinta-feira, 12 de julho de 2012

São os pequenos gestos que mantém acesa a chama do amor

Hoje, a missionária Salette Ferreira vem falar sobre os pequenos gestos que fazem diferença na vida de um casal. São esses gestos que mantém acesa a chama do primeiro amor.

Ela fala que devemos estar atentos ao que fazemos para o bem do nosso esposo ou esposa.

A Palavra, de hoje, está em Efésios 5, 25: "Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo também amou a Igreja e se entregou por ela.”
A missionária diz que tudo isso se aplica não somente às grandes ocasiões, mas também às pequenas coisas. Ela também diz que não podemos deixar de lado os gestos que fazem a diferença.

“Vamos pedir ao Senhor que venha curar nosso interior, porque, muitas vezes, em nossa família, nós não aprendemos a fazer esses gestos, porque não fizeram conosco ou porque temos dificuldade de manter essas pequenas atitudes de amor.”

Salette nos orienta a pedir a Deus que Ele venha em nosso auxílio para curar nosso interior.

“Senhor, nós pedimos que o Seu Espírito Santo cure nosso interior de todo fechamento para o amor. Às vezes, nós deixamos de lado os pequenos gestos que constroem a vida a dois por não sabermos lidar com isso. Volte na nossa história, Senhor, e cure-nos de todo ambiente de hostilidade e frieza. Cure a nossa vida e a nossa história. Restaure a nossa casa e nosso relacionamento, ensine-nos a amar nas pequenas coisas. Dê-nos a criatividade que vem do Espírito Santo e ilumine-nos para fazermos tudo o que agrada e alegra o coração do outro.”

Ela nos chama e pedir a sabedoria do amor. “Pedimos a Maria que ela venha, com seu manto, cobrir todos os casais, de maneira especial aqueles que rezam conosco. Que o manto de Nossa Senhora esteja sobre vocês. Ela nos ensina, como ninguém, a amar nos pequenos gestos e no 'sim' que damos, a cada dia, em nossa vida de casados. Pedimos, em nome de seu Filho Jesus. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.”

Obrigada. Deus abençoe você! Continue nos ajudando, pois essa obra precisa da sua contribuição.
Deus lhe pague.

Nenhum comentário:

Postar um comentário