sexta-feira, 25 de maio de 2012

Escolha viver com o Espírito Santo

A Palavra meditada, hoje, está em Atos dos Apóstolos 7,51-60.

"Somente quem está com o coração cheio do Espírito Santo consegue perdoar", afirma Alexandre
Foto: Wesley Almeida


A Palavra, de hoje, fala sobre a expectativa para a Festa de Pentecostes, momento muito importante para a Igreja, pois diz algo que vivemos todos os dias: as adversidades. Com certeza, todos nós passamos por algum problema que aperta nosso coração e o deixa preocupado. São situações financeiras, brigas familiares ou enfermidades que nos deixam sem rumo. Nessas horas, clamamos a presença de Deus e pedimos Sua intercessão.
Estevão, um profeta cheio de fé e do Espírito Santo, também passou por muitas perseguições por levar a Palavra de Deus aos homens. Diante dessa situação, ele não recuou para preservar sua vida; pelo contrário, ele continuou firme, proclamando o nome de Jesus e dizendo aos seus perseguidores: “Homens de cabeça dura, vocês dizem que são tementes a Deus, mas, na verdade, vocês O perseguem, pois matam os que anunciam o Seu nome. Vocês são incoerentes”. Contrariados e enfurecidos, os homens avançaram contra Estêvão e começaram a apedrejá-lo. Naquele momento, o profeta estava cheio do Espírito Santo. Olhando para o céu, começou a orar a Deus. Ele sabia que sua vida não se resumiria à peregrinação terrena, pois há um Rei sentado à direita do Pai. Orando em meio a tanta dor, ele pediu ao Senhor que perdoasse àqueles que pecaram e o apedrejaram.
Somente quem está com o coração cheio do Espírito Santo consegue fazer algo assim. Na vida, passamos por muitas perseguições e, muitas vezes, somos julgados por assumir o amor a Deus. Diante da perseguição, temos de nos preparar e orar, encher o coração da graça do Espírito e pedir ao Senhor que interceda por essas pessoas.
Deus espera isso de cada um de nós. Não adianta se revoltar contra as situações difíceis, precisamos de sabedoria para lidar com cada situação e pedir a presença Espírito. Somente com a Sua força conseguiremos ser como Estêvão.
Os gritos do profeta eram maiores do que os do povo que o apedrejava. Clamando a Deus pelo acolhimento do seu espírito e pedindo ao Senhor que não os condenasse, Estêvão adormeceu. O Catecismo da Igreja Católica nos diz que "a oração cristã chega até o perdão dos inimigos. Transforma o discípulo, configurando-o a seu Mestre" (CIC § 2844). Só alcança esse dom aquele que tem o coração bom, cheio de graça e testemunha que o amor é mais forte do que o pecado.
Diante das pessoas que nos caluniam, precisamos ter uma ação de perdão e amor. Isso só acontece quando estamos cheios do Espírito. Como foi dito ontem, precisamos estar em perene Pentecostes, com fogo no coração, palavras nos lábios e profecia no olhar.
Uma profecia aconteceu, pois, diante do martírio de Estêvão, Saulo, que antes havia sido perseguidor dos cristãos, foi restaurado e ressuscitou, tornando-se instrumento de Deus. O sangue desse mártir da Igreja tornou-se sangue de um novo cristão; mais tarde, Saulo se tornou Paulo, um dos maiores profetas da Palavra de Deus. Que alegria saber que nenhum sangue é derramado em vão!
Se você vive um momento de dor e sofrimento, não se desespere, pois Deus vai além. Essa lágrima que você derrama, hoje, não é vã, porque uma grande evangelização acontecerá na sua vida.
Vamos pedir a presença do Espírito de Deus em nossa vida, a fim de que tenhamos o perdão em nosso coração. Não pague o mal com o mal, mas com o bem. Somente quem tem o coração cheio do Espírito consegue ser verdadeiramente sábio.
Se você tem a graça de Deus em seu coração, a ofensa não o abala. Digo a vocês: “Sem o Espírito, Deus está distante. Ele permanece no passado e o Evangelho é Palavra morta. Com o Espírito, o cosmos se eleva, o homem luta contra a carne, Cristo está presente, o Evangelho nos dá a vida; a missão, um novo Pentecostes e o agir humano é divinizado”.
Escolha viver com o Espírito Santo. Peça que Ele venha fazer parte da sua vida para mudar o seu olhar diante dos problemas.
“Vem, Espírito Santo, console-nos diante dos momentos difíceis. Faça com que olhemos para o céu para contemplarmos o Rei Jesus. Dê-nos um coração capaz de amar e perdoar.”
Não desista! Abra-se à Palavra do Senhor e encha-se com Seu Espírito.

Alexandre Oliveira
Missionário da Comunidade Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário