terça-feira, 21 de agosto de 2012

Hino da JMJ Rio2013 será apresentado na Festa da Aventura da Cruz





A "Festa da Aventura da Cruz" será o grande momento de apresentação do Hino oficial da JMJ Rio2013. O anúncio foi feito durante a 10ª Vigília dos Jovens Adoradores, no Santuário Nacional de Adoração Perpétua, Igreja de Sant’Ana, na noite do dia 10 de agosto.
Padre Arnaldo Rodrigues, um dos diretores do Setor de Preparação Pastoral do Comitê Organizador Local (COL) da Jornada, convidou toda a juventude para o evento que acontecerá no próximo dia 14 de setembro, data em que a Igreja celebra a Exaltação  da Santa Cruz. A "Festa da Aventura da Cruz" será na paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz, a partir de 20h.
Ele disse também que, especialmente para esta grande celebração, a Vigília dos Jovens Adoradores será realizada pela primeira vez fora Igreja de Sant'Ana.
Os jovens estarão reunidos para um grande momento de oração e música, já preparando os corações no bairro de Santa Cruz, que completará em setembro 446 anos, e que receberá, em 2013, alguns dos Atos Centrais da JMJ, a Vigília e a Missa de Envio com o Papa Bento XVI.
A "Festa da Aventura da Cruz" vai contar com as apresentações de Adriana, Eliana Ribeiro, Walmir Alencar, Rosa de Saron, Olivia Ferreira e Frutos de Medjugorje. A missa será presidida pelo Núncio Apostólico do Brasil, Dom Giovanni d'Aniello.

"Reze conosco, caminhe conosco"
Esse foi o convite feito pelo bispo auxiliar do Rio, Dom Luiz Henrique da Silva Brito, que presidiu a missa que abriu a Vigília de ontem. Ele convocou os jovens a se inscreverem como voluntários da JMJ Rio2013.
Dom Luiz Henrique aproveitou a liturgia do dia para motivar o serviço. "É o cansaço, são as lutas, as dificuldades, mas se a semente lançada na terra não morrer não dará frutos", afirmou. Ele também destacou a vida de São Lourenço, comemorada na sexta-feira. "Ele derramou sangue por amor a Jesus Cristo", disse Dom Luiz Henrique, "enfrentou as dificuldades com fé e confiança".
Para o bispo, a Jornada também convoca os jovens a viver este ideal: "Devemos mostrar ao mundo que é possível viver a experiência transformadora. Somos felizes e queremos ser testemunhas para o mundo".
Padre Ramom Nascimento, diretor do Setor de Voluntários, lembrou aos jovens durante a adoração que esse é "um tempo de profundidade, porque o Senhor nos envia para sermos um canal da graça".
Os jovens ouviram ainda a pregação de Emanuel Stênio, missionário da Canção Nova e as palavras de Isaías, da Comunidade Coração Novo, que  junto a Pastoral da Família, relembrou o encontro do Papa João Paulo II com as famílias em 1997 no Rio de Janeiro.
"Quero sem medo entregar meus projetos", cantou Mariani, com a juventude do Rio de Janeiro e de todas as partes do país e do mundo que acompanharam a Vigília através da transmissão da WebTv Redentor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário