quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Jesus, o presente perfeito!


"Da parte de Deus o presente está dado. Como vamos recebê-lo?
Preparemos nossos corações!"

Com o mês de dezembro vem o Natal e os ritos festivos que são próprios desta data.
Estamos vivendo a alegria de saber que Deus nos enviou o que tinha de mais importante: Seu Filho JESUS que se fez homem e habitou entre nós pecadores.
JESUS, o presente perfeito do Pai, é a maior prova de amor que Deus poderia nos dar.

Na gruta de Belém presentes são trocados:
  • É Jesus que se faz presente no meio de nós, presente do Pai.
  • É Maria que se apresenta gratuitamente como mãe
  • É José que se oferece como Pai , provedor da Sagrada família.
  • Os reis Magos e os pastores também se fizeram presentes e a ELE ofereceram seus dons.
Homens grandes de coração simples e homens simples de coração grande.

No céu os Anjos cantaram:”Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados”
A noite se iuluminou de Estrelas especiais a indicar o caminho onde se encontrava o recém-nascido
O galo cantou.
O boi e o burro não dormiram naquela madrugada porque a noite era grande e bonita demais para se ter sono. E também se doaram aquecendo o ambiente com sua respiração quente.
A neve fecundou o chão donde brotaram sementes prenhes de vida para ser presente em flor e fruto.

Repare nos elementos dessa Noite Santa: tudo remete a uma simplicidade ímpar! Noite que nos fala de Amor...Doação... Partilha... Fraternidade...
Noite perfeita! Noite Santa! Noite mágica!
Noite cujo encanto perpetua até hoje e perpetuará sempre que houver disponibilidade para dar e receber.

Da parte de Deus o Presente está dado.
O Senhor está prá chegar!
Convertamos nosso coração, arrumemos a nossa casa interior. Fiquemos vigilantes e atentos.
Busquemos estar em oração na intimidade com Deus e a partir dessa intimidade ir ao encontro do próximo praticando o Amor e a Caridade.
Sinta-se presenteado e seja um presente para o irmão.
Assim a festa da vida continuará.


No Menino Jesus, Deus se fez dependente, necessitado do Amor de pessoas humanas, reduzido à condição de pedir o seu, o nosso Amor.
Peçamos ao Senhor que nos ajude a alongar o olhar através das fachadas lampejantes deste tempo até encontrar, para além delas, o Menino no estábulo de Belém e assim, descobrir a autêntica alegria e a verdadeira luz”.
Papa Bento XVI, Missa de Natal, Basílica de São Pedro
dez/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário