quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Eu sou livre. Será?

liberdade
Inúmeras vezes eu pensei que estava sendo livre numa situação ou decisão e na verdade eu não estava. Quantos jovens pensam que são livres mas não são. Mas afinal, o que é a liberdade?
A liberdade é a possibilidade, concedida por Deus, de poder agir totalmente por si próprio; quem é livre não age por determinação alheia.” (Catecismo da Igreja Católica, 1730-1744)
Deus nos criou livres para que na nossa liberdade escolhamos pelo bem, pelo que é correto, ético, justo e principalmente por Ele mesmo. Uma pessoa livre diz “sim” ao bem, quando nenhum vício ou pressão a impede de escolher em praticar o que é correto.
Eu e você somos livres para agirmos corretamente na sociedade OU não. Temos a liberdade de escolhermos ter um relacionamento de filiação com Deus OU não. Somos livres para sermos pertença dEle OU não.
Acredito que é preciso submeter as emoções à nossa razão para agirmos com liberdade. Ser livre não é fazer tudo que eu quero e na hora que eu quero. Muitas vezes é fazer o que meus sentimentos não querem, mas que com a minha razão eu sei que é o melhor.
Exemplo:
Quando eu estou passando mal e preciso tomar aquele xarope com gosto amargo e ruim. Eu não tenho vontade, desejo, paixão em tomar aquele remédio, mas com a minha razão eu sei que para eu melhorar eu PRECISO tomar. Logo, eu submeto meus desejos pela minha razão e tomo o xarope.
O mal dá uma falsa sensação de liberdade, mas ele só aprisiona. Segundo o número 287 do YOUCAT “conseguimos ver essa realidade no vício: nele o ser humano vende a sua liberdade a algo que lhe parece bom. Na verdade, porém, ele torna-se um escravo.”
Portanto, eu te pergunto VOCÊ É REALMENTE LIVRE? As suas escolhas são feitas nas emoções ou com a razão?
Pense Nisso,
#IbelieveInYou
Missionária da Canção Nova
Indico para você a canção ‘Hoje Livre Sou’

Nenhum comentário:

Postar um comentário