sexta-feira, 2 de agosto de 2013

VOCAÇÃO: BUSCA E CONVITE


A vocação é o chamado de Deus. Somos chamados por Deus de várias maneiras, nos acontecimentos de nossa vida.

Os primeiros discípulos de Jesus devem tomar a iniciativa, sem esperar que Jesus os chame. Para eles, bastou o testemunho de João Batista de que Jesus é o libertador. A partir desse momento, descobrem que em Jesus está a resposta a todos os seus anseios. O Batista, por causa do testemunho, perde os discípulos. Estes, pela coragem da opção que fizeram, dão pleno sentido a suas vidas e passam a ser testemunhas para os outros.

As primeiras palavras de Jesus, no evangelho de João são: “O que vocês estão procurando”? Do início ao fim de nossas vidas, estamos à procura de algo ou de alguém. Como discípulos, procuramos saber quem é Jesus. E ele testa nossa sede, perguntando-nos o que estamos procurando. Esta pergunta, que aparece nos momentos cruciais do evangelho de João, costuma se manifestar nas fases decisivas de nossa vida: “O que estamos procurando”?

A resposta dos discípulos é movida pelo desejo de comunhão: “Mestre, onde moras”?. Os discípulos não estão interessados em teorias sobre Jesus. Querem, ao contrário, criar laços de intimidade com Ele.

Para criar intimidade com Jesus, é preciso partir, fazer experiência: “Venham ver!”. E o resultado da experiência já aparece: “Então eles foram e viram onde Jesus morava. E permaneceram com Ele naquele dia”. Por ora os discípulos permanecem com Jesus. Mais adiante, o Mestre dirá: ”Permaneçam em mim”. Permanecer com Jesus e com as pessoas é fácil. O difícil é permanecer n’Ele e nas pessoas. Só aí é que a comunhão será plena.

O Evangelho afirma que a experiência com Jesus valeu a pena: “Eram mais ou menos quatro horas da tarde”. Quatro horas da tarde, em linguagem simbólica, é o momento gostoso para o encontro, ou a hora das opções acertadas. O passo dado pelos primeiros discípulos foi de ótima qualidade. Valeu a pena
Nós também necessitamos permanecer com Jesus, permanecer n’Ele, seguir os seus ensinamentos e poder dizer para todo mundo; “Valeu a pena”.

 Padre Wagner Augusto Portugal

FONTE: ♥ Jardim da Fé  ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário