terça-feira, 23 de julho de 2013

Peregrinos falam da emoção de ver o Papa de perto

Chegada do Papa ao Rio de Janeiro

Enquanto o Papa Francisco passava de Papamóvel, no centro do Rio de Janeiro, multidão gritava: “Papa Francisco nós te amamos”
Elcka Torres Enviada especial ao Rio de Janeiro
papa francisco passeia de papamovel no Rio de janeiro
“Papa Francisco nós te amamos”, gritava a multidão (Foto: Wesley Almeida / Canção Nova)
Milhares de peregrinos reuniram no centro do Rio de Janeiro para acolher o Papa Francisco que percorreu as ruas do centro da capital de Papamóvel nesta segunda-feira, 22. Jovens, crianças e idosos acolheram o Santo Padre com muita emoção. A multidão aplaudia e gritava: “Papa Francisco nós te amamos”. No percurso de Papamóvel, Francisco acenou para os fiéis e beijou crianças.
Fátima Lima do interior de São Paulo, mãe de Guilherme Lima de 1 ano e 2 meses, recordou em lágrimas o encontro do filho com o Papa. Levado até o Pontífice por voluntário, a criança recebeu um beijo. “Não tem como descrever a emoção, mas tenho certeza que meu filho recebeu uma benção especial. Vou contar isso para ele quando crescer”, destacou.
Os peregrinos ficaram encantados com o sorriso do Papa. “Ver a serenidade do seu rosto, o seu sorriso é uma experiência única. Tantas vezes vi ele celebrando na Catedral, mas agora é diferente. Ele é Papa, por isso choro tanto, mas ele continua simples, com uma graça diferente sobre ele, algo divino”, conta a jovem de Buenos Aires, Kiria Rodrigues, 22 anos.
Jovens-materia-001
Também a portuguesa Silvana Balaquirias, 26 anos, afirma ser impossível estar tão perto do Papa e não se encantar com seu sorriso e sua juventude. “É um Papa jovem! Um Papa alegre e amoroso. Queria que todos os jovens do mundo inteiro estivessem aqui. Fitar o olhar dele é tudo de bom. Uma alegria sem fim, que supera a qualquer uma que já vivi na minha vida. Vendo ele, gritei “sou a Igreja” e ele acenou para mim”.
“É sempre emocionante estar perto do Papa. Ele sorri e seu sorriso passa amor”, disse o jovem angolano, Maocy Hangf, 27 anos.
A baiana Quiara Silva, 18 anos, disse que se sentiu amada pelo Papa. “A jornada começou e nosso Papa está no meio de nós. Os jovens amam o Papa e o seu sorriso mostrava que é recíproco. Ele também nos ama! Ele é o Papa da juventude”.

FONTE: Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário