quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Dinâmica: Tomado pela mão

Há alguns dias realizamos nossa primeira assembleia paroquial de Catequese, nosso objetivo foi avaliar 2012 e planejar 2013, além de indicar novos coordenadores. 
Durante a assembleia, a então coordenadora nos entregou um cartão em formato de coração. Dentro do cartão havia um nome, era uma espécie de "amigo secreto". Não podíamos revelar quem estava no nosso coração. 

A dinâmica foi bem interessante, descrevo-a aqui para que você possa adaptá-la conforme o objetivo que desejar. O nome tomado pela mão foi dado por mim e na ocasião o grupo todo concordou!

Objetivo:
- Observar o companheiro de pastoral, suas atitudes, ideias, sua importância para o grupo;
- Convidar o outro a rezar junto.

Material:
- Cartões em formato de coração e canetas para todos.

Passo a passo:
- Anote em cada cartão o nome de um participante;
- Distribua os cartões para todos, como se estivessem participando de um amigo secreto;
- Dê o primeiro comando: anote em uma palavra o que você sentiu quando teve o primeiro contato com a pessoa que está no coração. Caso não lembre do primeiro contato, escreva o que sentiu de imediato ao vê-la hoje;
- Lá pro meio da assembleia, peça que peguem o coração novamente e anotem o que observaram da pessoa durante o dia. Faça a mesma coisa ao final, peça para que anotem com uma palavra a conclusão que tiraram desta pessoa ao observá-la;
- Para revelar quem sorteou quem, a coordenadora começou dizendo as observações que fez da pessoa: tímida, observadora e por fim prestativa. Nós ficamos tentando adivinhar de quem se tratava. Em seguida, revelou quem ela estava observando e foi até o local onde a pessoa estava, entregou-lhe o coração e tomou-a pela mão convidando-a a ficar de pé para a oração final. A pessoa fez o mesmo processo até que todos tomados pela mão, um a um, se colocaram de pé para nossa oração final.

Bem simples não é? E bem significativo também.
Que ao sermos tomados pela mão do Senhor, assumindo com verdade a missão por Ele a nós confiada, tenhamos a coragem de observarmos, nos aproximarmos, e tomarmos pela mão todos que ao nosso redor necessitem ser evangelizados.

Um forte abraço e um ano pleno de Jesus em nosso meio.
Carinhosamente,
Clécia Ribeiro
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário